vacinação infantil

Montamos um calendário de vacinação infantil atualizado até os 10 anos porque as vacinas são essenciais para proteger as crianças contra diversas doenças infecciosas, como por exemplo:

  • Sarampo;
  • Caxumba;
  • Rubéola;
  • Tosse convulsa.

Geralmente, as vacinas causam apenas efeitos colaterais leves, como vermelhidão ou inchaço no local da injeção. Além disso, os benefícios de saúde pública da vacinação superam, em muito, os possíveis efeitos colaterais, principalmente quando dadas seguindo um calendário de vacinação infantil.

A vacinação, inclusive protege não apenas os seus filhos, mas outras crianças também. Existem doenças nas quais as crianças são jovens demais para serem totalmente vacinados e, assim morrem.

Enquanto alguns bebês são jovens demais para serem protegidos pela vacinação, outros podem não ser capazes de receber certas vacinas, devido a alergias graves, sistemas imunológicos enfraquecidos ou a condições externas.

Para ajudar a mantê-los seguros, é importante que seus filhos sejam vacinados, seguindo um calendário de vacinação infantil. Isso não apenas protege sua família, mas também ajuda a impedir a propagação dessas doenças para seus amigos e entes queridos.

Acima de tudo, a vacinação protege as gerações futuras. As vacinas reduziram e, em alguns casos, eliminaram muitas doenças que mataram ou gravemente incapacitaram algumas gerações atrás.

Se continuarmos a vacinar agora, seguindo todas as recomendações do calendário de vacinação infantil, os pais, no futuro, poderão confiar que algumas doenças de hoje não serão mais um problema para seus filhos no futuro.

Confira, a seguir, o calendário de vacinação infantil atualizado até os 10 anos

Ao nascer

  • BCG (Bacilo Calmette-Guerin): previne as formas graves de tuberculose, principalmente miliar e meníngea. Dose única;
  • Hepatite B: previne a hepatite B. Dose ao nascer.

2 meses

REDE PÚBLICA:

  • Penta: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B. 1ª dose;
  • Vacina Poliomielite 1, 2 e 3 (Inativada) – (VIP): previne a poliomielite. 1ª dose;
  • Pneumocócica 10 Valente (Conjugada): previne a pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo. 1ª dose;
  • Rotavírus humano: previne diarreia por rotavírus. 1ª dose.

REDE PRIVADA:

  • Hexa: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B e Poliomielite
  • Pneumo 13 valente (conjugada)
  • Rotavírus Pentavalente

3 meses

REDE PÚBLICA:

  • Meningocócica C (Conjugada): previne doença invasiva, causada pela Neisseria meningitidis do sorogrupo C. 1ª dose.

REDE PRIVADA:

  • Meningite B: previne contra doença meningocócica do tipo b
  • Meningite ACWY: previne contra doenças meningocócicas causadas pelos tipos A, C, W e Y.

4 meses

REDE PÚBLICA:

  • Penta: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B – 1ª dose;
  • Vacina Poliomielite 1, 2 e 3 (Inativada): (VIP): previne a poliomielite – 1ª dose;
  • Pneumocócica 10 Valente (Conjugada): previne a pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo – 1ª dose;
  • Rotavírus humano: previne diarreia por rotavírus – 1ª dose.

REDE PRIVADA:

  • Hexa: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B e Poliomielite
  • Pneumo 13 Valente (conjugada)
  • Rotavírus Pentavalente

5 meses

REDE PÚBLICA:

  • Meningocócica C (Conjugada): previne doença invasiva, causada pela Neisseria meningitidis do sorogrupo C – 1ª dose.

REDE PRIVADA:

  • Meningite B: previne contra doença meningocócica do tipo B
  • Meningite ACWY: previne contra doenças meningocócicas causadas pelos tipos A, C, W e Y

6 meses

REDE PÚBLICA

  • Penta: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B – 3ª dose;
  • Vacina Poliomielite 1, 2 e 3 (Inativada) – (VIP): previne poliomielite – 3ª dose.

REDE PRIVADA:

  • Hexa: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B e Poliomielite
  • Pneumo 13 Valente (conjugada)
  • Rotavírus Pentavalente

9 meses

  • Febre Amarela: previne a febre amarela. Indicado fazer um reforço com 4 anos.

12 meses

REDE PÚBLICA

  • Tríplice viral: previne sarampo, caxumba e rubéola – 1ª dose;
  • Pneumocócica 10 Valente (Conjugada): previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo – reforço;
  • Meningocócica C (Conjugada): previne doença invasiva causada pela Neisseria meningitidis do sorogrupo C – reforço.

REDE PARTICULAR

  • Tríplice Viral – 1ª dose;
  • Varicela – 1ª dose;
  • Ou Tetra Viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela) – 1ª dose;
  • Hepatite A – 1ª dose;
  • Pneumo 13 Valente – reforço;
  • Meningite ACWY – reforço;
  • Meningite B – reforço;

15 meses

REDE PÚBLICA

  • DTP: previne a difteria, tétano e coqueluche – 1º reforço;
  • Vacina Poliomielite 1 e 3 (Atenuada) – (VOP): previne poliomielite – 1º reforço;
  • Hepatite A – dose única;
  • Tetra viral: previne sarampo, rubéola, caxumba e varicela e catapora – dose única.

REDE PRIVADA

  • Pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, haemophilus influenzae B e pólio)
  • Tri Viral – 2ª dose
  • Varicela – 2ª dose
  • Ou Tetra Viral – 2ª dose

16 MESES:

  • Hepatite A – 2ª dose

4 anos

REDE PÚBLICA

  • DTP: previne a difteria, tétano e coqueluche – 2º reforço;
  • Vacina Poliomielite 1 e 3 (Atenuada) – (VOP): previne poliomielite – 2º reforço.
  • Varicela atenuada: previne varicela e catapora – dose única.

REDE PARTICULAR

  • Tetra Bacteriana (DTPa IPV): difteria, tétano, coqueluche e pólio – 2º reforço
  • Febre Amarela – reforço

Até 5 anos

  • Tomar uma ou duas doses da vacina influenza, durante a Campanha Anual de Vacinação da Gripe.

Meninas de 9 a 14 anos

  • HPV: previne o papiloma, vírus humano que causa cânceres e verrugas genitais. 2 doses, com seis meses de intervalo entre as doses.

Vacinação em casa

Agora que você já conhece todas as vacinas que estão no calendário de vacinação infantil de 0 a 10 anos, saiba que você pode agendar a aplicação da(s) vacina(s) que tenha(m) faltado na sua casa, sem precisar expor suas crianças neste momento pandêmico.

No Vacine.me, novo aplicativo com uma boa rede de clinicas de vacinação, você pode agendar a aplicação na sua casa. Nele é possível encontrar todas as vacinas, tanto da rede pública, quanto particular. Baixe o aplicativo Vacine.me disponível na Google Play e App Store e comece a usar!

Carteira de vacinação virtual

Além de pedir vacinas em casa, no Vacine.me disponibiliza também uma área para montar carteirinhas de vacinação virtuais para você e seus dependentes! Com a carteira de vacinação da sua família toda online, fica mais fácil manter a saúde da sua família sempre em dia. Afinal, prevenir é SEMPRE melhor do que remediar! ; )

Related Post

Deixe seu comentário

Posts recentes

como se vacinar durante a pandemia
o que é HPV?
vacinas-que-evitam-cancer
vacinação infantil
como preparar as crianças para não ter medo da vacina