3 vacinas para grávidas

A necessidade de vacinas para grávidas faz parte do pré-natal. Estar em dia com as vacinas significa ter uma gravidez saudável e bem mais tranquila.

Essa imunização visa proteger tanto a futura mamãe como também a passar anticorpos para o bebê ainda em formação, combatendo possíveis doenças endêmicas que possam vir a surgir durante esse período.

Para ajudar a entender melhor quais são as vacinas para grávidas mais importantes, elencamos abaixo 3 das mais essenciais. Confira!

Desde já, deixamos aqui o convite para conhecer nosso aplicativo, o Vacine.me e descobrir os locais de vacinação mais próximos de você!

3 vacinas para grávidas que precisam ser tomadas

Vacina contra Influenza (Gripe)

Essa vacina é uma das mais importantes durante a gestão. Ela visa proteger a mulher da gripe normal, e também gera a imunização para quadros mais graves de influenza que possam apresentar internações por bronquite e pneumonia.

A dose da Influenza pode ser aplicada em qualquer mês da gestação ou ainda no período do puerpério, para as mulheres que não se imunizaram durante a gravidez.

Tríplice Bacteriana (dTpa-difteria, tétano, coqueluche)

A Tríplice Bacteriana Adulta protege contra a difteria, tétano e coqueluche.

No caso da difteria, a doença pode causar obstrução respiratória, tendo, infelizmente, uma alta taxa de mortalidade ainda entre os recém-nascidos.

Já o tétano, pode ser percebido no pré-natal, devido à contaminação pelo cordão umbilical.

A coqueluche, por sua vez, pode se apresentar em estado grave para bebês com até seis meses de vida, sendo a quinta maior causa de morte entre as crianças.

A imunização da Tríplice Bacteriana deve ocorrer entre a 27ª e a 36ª semana de gestação, respeitando o período de 7 a 15 dias para o desenvolvimento dos anticorpos presentes na vacina.

Já deu para perceber por que essa é uma das vacinas para grávidas mais importantes, né? É essencial que a mãe tome a vacina dentro do prazo indicado, pois mesmo que ocorra um parto prematuro, o bebê já terá recebido a imunidade.

Não deixe de procurar a clínica mais próxima de você para tomar a Tríplice Bacteriana. O Vacine.me pode te ajudar com isso!

Hepatite B

Embora não apresente sintomas bem definidos, a Hepatite B pode fazer com que o paciente tenha vômito, náuseas, dores musculares e mal-estar, podendo ser pertinentes a outras complicações.

A gravidez se torna uma via comum de contaminação da Hepatite B, sendo então essencial a sua imunização para evitar que este contágio seja transmitido ao feto.

A vacina contra a Hepatite B é importante, pois, em caso de contaminação perinatal, 25% das crianças são suscetíveis a desenvolver infecção hepática crônica. Em bebês, este risco pode ocasionar a morte por carcinoma hepato-celular.

Embora de extrema importância, as três doses da Hepatite B estão previstas no calendário infantil, e tendem a imunizar o indivíduo por toda a vida. Neste caso, é importante que a mulher tenha certeza de que tomou as três doses.

Caso não haja uma certeza, a gestante deve fazer a imunização para garantir que está protegida. A vacina deve ser administrada a partir do segundo trimestre de gestação.

Além da importância das três vacinas para grávidas, a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) também recomenda que adolescentes e adultos que terão contato próximo ao recém-nascido sejam imunizados.

Acesse o nosso site e saiba mais sobre o Vacine.me, aplicativo já disponível na Google Play e App Store, onde você encontra clínicas de vacinação próximas a sua localização e pode solicitar a aplicação das doses certas no conforto e segurança da sua casa! ; )

Related Post

Deixe seu comentário

Posts recentes

como se vacinar durante a pandemia
o que é HPV?
vacinas-que-evitam-cancer
vacinação infantil
como preparar as crianças para não ter medo da vacina